Oferta!

CONTÁGIO PSÍQUICO: A loucura das massas e suas reverberações na mídia

(1 avaliação de cliente)

R$65,00 R$55,00

Share this product

Descrição

O ser humano é o único animal que chora de felicidade; ri de ódio; diz “eu te amo” sem amar; diz “eu não me importo” importando-se demasiadamente; sente a necessidade de ficar mais parecido com a imagem criada no computador do que a experiência de si mesmo; jura castidade, mia para a lua e acaba por cometer os mais ímpares atos sexuais na frente de outros que juraram castidade; promete a pureza e a verdade por meio de assassinatos em massa; dança freneticamente até a morte e pinta esse frenesi e a morte; confunde o marido com diabo; crê que macacos estão olhando para um disco voador; prevê que o fim de todo o Universo está próximo e deve ser em uma data específica elencada no calendário; acredita que seus órgãos sexuais estão sumindo; prefere estar perto da morte porque somente assim parece que sente a vida; ou então adormecer frente que a vida parece pior do que a morte; destrói a vida no planeta, sendo que o ser humano também é manifestação da própria vida. É permeando estes casos que o livro problematiza o fenômeno do Contágio Psíquico a fim de propor uma reflexão sobre surtos psicóticos coletivos a partir dos Estudos do Imaginário e da Psicologia Profunda. Sua pergunta central é: como certos conteúdos e comportamentos irrompem súbita e coletivamente na mídia e na sociedade, retroativamente, mesmo que por vezes aparentem ser irreais e sobrenaturais?

CARACTERÍSTICAS DETALHADAS
ISBN: 978-65-993921-0-8
Páginas: 256
Edição: 2021
Idioma: Português
Altura: 26
Largura: 16
Profundidade: 1,3
Peso: 400g
Autor: Leonardo Torres
Editora: Eleva Cultural

Informação adicional

Peso 0.40 kg
Dimensões 23 × 13 × 16 cm
Autor

ISBN

1 avaliação para CONTÁGIO PSÍQUICO: A loucura das massas e suas reverberações na mídia

  1. Elis

    Ja quero, simplesmente pq esse trecho
    (…) prefere estar perto da morte porque somente assim parece que sente a vida;
    é pura PULSÃO..e é bem assim que vivemos…

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *